04/11/2020

Coren-RJ oficia Exército Brasileiro sobre concurso e pede novo edital

  O Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro

 

O Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro – Coren-RJ – oficiou nesta quarta-feira (04/11) o Exército Brasileiro – 1ª Região Militar acerca do edital para contratação, via concurso público, de técnicos de enfermagem no Rio de Janeiro dotados de especialização registrada no Conselho em Atenção Pré-Hospitalar (APH). Neste ofício, o Coren-RJ explica que não há no regional e nem inscritos no Conselho Federal de Enfermagem técnicos de enfermagem especializados em APH, mas somente os profissionais enfermeiros. 

Sendo assim, nenhum técnico se enquadrou na exigência do certame, e por isso, pedimos a justa providência para que todos os técnicos de enfermagem que fizeram o concurso e foram reprovados (cerca de 400 concursados), tenham uma legítima nova chance. 

O Coren-RJ clama pelo bom-senso, ainda levando em conta a pandemia de Covid-19 e a importância da assistência dos técnicos de enfermagem na APH, e solicita que o edital seja revisto. Ressaltamos que os profissionais técnicos de enfermagem são capacitados para atuar na APH, aprendida em seus estudos regulares, estágios e cursos livres de capacitação e exercitada na assistência.

O apelo atende à correta demanda dos profissionais técnicos de enfermagem do Rio de Janeiro, que foram ouvidos e acolhidos pela Presidência e Ouvidoria do Coren-RJ na tarde de ontem (03/11), quando relataram sobre a reprovação de todos os concursados pela falta desta especialização em APH exigida. 

Aguardamos a resposta confiantes em um desfecho favorável à categoria e que esta venha a somar e enriquecer os quadros de saúde das unidades do nosso Exército Brasileiro – 1ª Região Militar.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117