09/03/2017

Coren-RJ recebe equipe para segunda etapa de implantação do sistema de fiscalização em Enfermagem Obstétrica

O Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ)

O Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ) recebeu os membros da Comissão de Saúde da Mulher, do Cofen e a coordenadora do Grupo Técnico de Saúde da Mulher do Coren-PA para a segunda etapa de implantação do projeto de sistematização do processo de fiscalização em serviços de Enfermagem Obstétrica. Durante três dias (06, 07 e 08/03) foram debatidos diversos pontos acerca do projeto e realizadas fiscalizações em duas unidades do estado. A primeira, o Hospital da Mãe de Mesquita, onde já havia sido implementado um projeto piloto da implantação da assistência ao parto pelas enfermeiras obstétricas, em conjunto com a Secretaria Estadual de Saúde. A segunda, o Hospital Maternidade Fernando Magalhães, que foi a primeira instituição no Brasil a ter a atuação da especialidade.

A primeira etapa do projeto iniciou-se em abril de 2016, onde foram apresentados os instrumentos para as fiscalizações. Em agosto, as equipes de fiscais do Coren-RJ começaram as inspeções. Ao todo, trinta unidades foram fiscalizadas até a presente data e os principais problemas encontrados foram falhas no processo de trabalho, pouca atuação da Enfermagem Obstétrica fora da capital, falta de concurso específico para a área e um pequeno número de registros da especialidade (Resolução Cofen 516/2016)

De acordo com a presidente do Coren-RJ, Dr. Maria Antonieta Rubio Tyrrell, mesmo com os problemas apresentados, a autarquia avançou bastante na área. “Possuímos fiscais representando o órgão na presidência do Comitê de Prevenção e Controle da Mortalidade Materna, dois diretores na Comissão dos direitos humanos. Também possuímos espaços no Fórum de Enfermagem Obstétrica do Estado, temos fiscais e conselheiros como secretários municipais de saúde e uma representação forte no Cosems.” Concluiu.

A metodologia do projeto foi desenvolvida conjuntamente pela Comissão de Saúde da Mulher e pela Câmara Técnica de Fiscalização do Cofen (CTFIS), a partir de experiência exitosa no Conselho Regional de Enfermagem do Pará (Coren-PA). O projeto está sendo implantado em 12 estados brasileiros e poderá ser expandido posteriormente.

Participaram das reuniões e fiscalizações a presidente do Coren-RJ, Dra. Maria Antonieta Rubio Tyrrell, a coordenadora do Departamento de Fiscalização, Sabrina Seibert, as enfermeiras fiscais , Dyana Ramos, Caroline Couto, Danielle Bartoly, Dyana Ramos os membros da Comissão de Saúde da Mulher do Cofen e da Abenfo, Valdecyr Herdy Alves, Elisanete Carvalho, Bianca Dargan e a coordenadora do Grupo Técnico de Saúde da Mulher do Coren-PA, Marcandra Nogueira.




  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2
  • BannerLateral_codigo_etica