15/05/2019

Autoridade e entidades da Enfermagem reúnem-se com procuradores do MPT

Na tarde desta quarta-feira (15), entidades e autoridades da enfermagem

Na tarde desta quarta-feira (15), entidades e autoridades da enfermagem fluminense reuniram-se com promotores na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT). Na ocasião, foi formado um grupo de trabalho para viabilizar a aplicação da Lei 8.315/2019, que regula o piso salarial em regime de 30 horas semanais para a categoria.

Os promotores comprometeram a se debruçar sobre a questão, atentos às demandas dos trabalhadores e ouvindo também os argumentos do patronato. Porém, não foi dado prazo para definirem a estratégia para o cumprimento da Lei. Estavam presentes à reunião a deputada Enfermeira Rejane, as presidentes dos sindicatos da classe Mônica Armada (SindenfRJ), Mirian Andrade (SatemRJ), e a diretora Márcia Carvalho (Sintaxe); Mônica Cunharski, vice-presidente do Movimento dos Ativistas da Enfermagem (MAE), e militantes da categoria.

Representaram o Coren-RJ, o conselheiro Josimar Barbosa, o procurador-geral Marcelo Moreira e o procurador José Baptista de Lima Júnior.

Está mãos dos procuradores do MPT a solução deste caso que tanto vem angustiando a categoria da enfermagem, que aguarda um desfecho favorável.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2