12/03/2016

Brasil preside Conselho Regional de Enfermagem do Mercosul

Primeira reunião da atual gestão será realizada em 8 de abril, em Brasília

O Conselho Regional de Enfermagem do Mercosul (CREM) convocou para em 8 de abril sua primeira reunião no Brasil, sob a presidência pro-tempore do Cofen. O órgão, que articula políticas de formação e assistência em Enfermagem na região, participará também de Seminário sobre Educação à Distância, realizado pelo Cofen em 7 do abril.

“A presença do CREM amplia e fortalece a discussão”, ressalta a conselheira federal Fátima Sampaio, que juntamente com o conselheiro Walkírio Almeida, participou de reunião na segunda e terça-feira (7 e 8/3), em Montevidéu, onde receberam a documentação referente à Presidência pró-tempore do CREM.

A operação EaD, realizada pelo Cofen atendendo consulta do MPF, constatou situação estarrecedora. Sem laboratórios, biblioteca e condições mínimas de ensino-aprendizagem, a maioria dos cursos se localiza em municípios diminutos, que não oferecem sequer rede para a realização dos estágios obrigatórios. Diante da situação estarrecedora, o Cofen propôs o Projeto de Lei 2891/2015, que proíbe a graduação de enfermeiros e formação de técnicos na modalidade EaD. Apresentado pelo deputado federal Orlando Silva (PC do B – SP), o projeto já recebeu parecer favorável da comissão de educação.


Fonte: Ascom - Cofen



  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2