19/02/2019

Coren-RJ e MS estudam parceria para reduzir problemas de dimensionamento de pessoal na rede federal

Na manhã desta terça-feira (19), na sede do Coren-RJ, a

Na manhã desta terça-feira (19), na sede do Coren-RJ, a presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ), Ana Lúcia Telles Fonseca, ao lado dos responsáveis pelo Setor de Fiscalização, Ana Carolina Arouche, Danielle Bartoly e Rodolpho César de Paula, receberam as emissárias do Ministério da Saúde (MS), as enfermeiras auditoras, Lousana Bioni Cavalcante, Geralda Peixoto de Oliveira e Jaldeci Leite Silva.

Na ocasião, foi sinalizada a possibilidade de um termo de parceria entre o Ministério da Saúde e o Coren-RJ. O objetivo do acordo é promover ações conjuntas para solucionar a crítica situação de dimensionamento irregular, por déficit de pessoal de enfermagem, nas unidades federais de saúde do Rio de Janeiro.

A primeira pauta proposta indicou que as atuações do Coren-RJ junto ao Ministério Público poderiam somar esforços com a auditoria do MS, com vistas a otimizar os processos fiscalizatórios nas diligências.

“A nossa intenção é de facilitar o trabalho e trazer resolutividade aos processos fiscalizatórios. A ideia é abrir um canal de comunicação entre o Coren-RJ e o Ministério da Saúde, para juntarmos forças. Com o conhecimento técnico-científico e legal de ambas as instituições, creio que avançaríamos na qualidade da assistência à população”, explica Ana Lúcia Telles.

Uma minuta será redigida pelo Departamento Jurídico do Coren-RJ, a partir de dados que deverão ser enviados pelo MS para a construção do Termo de Parceria.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2