11/11/2016

Coren-RJ realiza o primeiro Seminário sobre o Exercício da Enfermagem das Forças Armadas e Auxiliares

Voltado para o exercício da Enfermagem nas Forças Armadas e Auxiliares, evento teve participação de mais de 200 profissionais

Contando com a presença de mais de 200 profissionais, o Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ) realizou, nesta quinta-feira (10), o primeiro Seminário sobre o Exercício da Enfermagem das Forças Armadas e Auxiliares, no Hospital Central do Exército (HCE), em Benfica. O evento busca estabelecer uma parceria que permita a criação de uma rede colaborativa para discussão sobre o exercício profissional de Enfermagem com os bombeiros, o exército, a marinha e a polícia militar.

O diretor do HCE, general Alexandre Corrêa, abriu as falas da mesa exaltando o trabalho da enfermagem. Afirmou que a categoria sempre prestou um serviço de qualidade – dizendo que são os mais importantes dentro da instituição de saúde – e relembrou que seus primeiros ensinamentos na área, foram passados por profissionais de Enfermagem.

Em seguida, a conselheira federal Nádia Ramalho, reiterou uma das pautas principais do Cofen, que é o repudio ao ensino a distância. “O ensino a distância não pode ser aplicado para profissionais que cuidam das vidas das pessoas”, concluiu.

A presidente do Coren-RJ, Dra. Maria Antonieta Rubio Tyrrell se disse muito feliz e honrada por estar realizando este evento. “Para o Coren-RJ hoje é um dia de festa,” afirmou. Tyrrell registrou o significado e o impacto positivo do seminário na qualidade da gestão e da assistência de Enfermagem pelas equipes das forças armadas e auxiliares. Além disso, se colocou a disposição para continuar trabalhando junto ao fórum das corporações e disse que pretende estreitar as relações com a Comissão Nacional das Forcas Armadas, do Cofen. “O Coren-RJ é o nosso porto seguro, é a nossa casa. Antes de tudo vocês são enfermeiros e devem sempre procurar o Coren-RJ”, concluiu.

Por fim, o representante da Aben, Coronel Rogério, saudou a plateia em nome da instituição. Também compôs a mesa, a responsável técnica do exército, Simone Moura.

O seminário seguiu com a realização da primeira mesa redonda do dia: Perfil dos Serviços de Saúde das Forças Armadas e Auxiliares. Os responsáveis técnicos das forças armadas e auxiliares apresentaram como funciona todo o sistema de saúde e como é a estrutura organizacional dentro das instituições. Além disso, mostraram um histórico da profissão de cada uma das forças, salientando as conquistas e desafios durante todo o período. Por fim, demonstraram as visões, os valores e as missões de cada corporação.

A parte da manhã foi encerrada com a palestra Fiscalização: elementos essenciais à qualidade dos Cuidados de Enfermagem, apresentada pela enfermeira fiscal e chefe da sede, Thatiana Arruda. Em sua palestra ela explicou como funciona o departamento de fiscalização da autarquia e como os fiscais atuam no estado do Rio de Janeiro. Além disso, demonstrou como funciona a avaliação do serviço de enfermagem nas instituições fiscalizadas e enumerou alguns dos pilares do departamento.

Na parte da tarde foram realizadas mais quatro palestras, ministradas pelo corpo técnico do Coren-RJ. Temas como Sistematização da Assistência da Enfermagem (SAE), ética, dimensionamento e lei do exercício profissional da Enfermagem foram debatidos com os profissionais presentes no evento.

Para encerrar o dia, a coordenadora do seminário e conselheira Teresa Tonini, reuniu toda a equipe de palestrantes na mesa e congratulou a todos os participantes e servidores que fizeram parte deste primeiro Seminário sobre o Exercício da Enfermagem das Forças Armadas e Auxiliares.




  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2
  • BannerLateral_codigo_etica