19/09/2021

Coren-RJ se reúne com enfermagem e autoridades de Petrópolis

  A troca de diálogos do Coren-RJ com autoridades de

 

A troca de diálogos do Coren-RJ com autoridades de municípios do estado do Rio de Janeiro, sempre com vistas à garantia da assistência segura e dos direitos da enfermagem tem sido constante. O Conselho desta gestão, está permanentemente em todas as regiões do Rio de Janeiro, representado não só pelas visitas permanentes da diretoria, como também pelos conselheiros que atuam em cada região, sentinelas da enfermagem fluminense para o Coren-RJ.

Com este intuito, a diretora e coordenadora das subseções, Cristiane Bernardo, esteve em Petrópolis na sexta-feira (17). Ao lado do coordenador da subseção petropolitana, o conselheiro Francisco Thomaz de Oliveira Júnior, o Juninho da Enfermagem, realizaram reuniões para ouvir a categoria e também com gestores municipais para divulgação e oferecimento de parcerias para os projetos especiais, tais como o Capacita Coren-RJ, Programa Boas-Vindas e o novo Clube de Benefícios.

A primeira reunião foi com a RT do Hospital Municipal Nelson de Saerp, Marcia Dias, e com a representante do Hospital Municipal Leônidas Sampaio, enfermeira Camila Matheus. Vários assuntos relacionados à enfermagem foram tratados e discutidos, em busca de o Coren-RJ auxiliar a promover soluções para alguns problemas pontuais.

Em seguida, os representantes do Coren-RJ reuniram-se com o prefeito de Petrópolis, Hingo Hames, e com o secretário de Saúde, Aloísio Barbosa. Foi exposta a questão de problemas de dimensionamento inadequado nas unidades do município e insuficiência de recursos humanos da enfermagem, entre outros. Cristiane Bernardo ofereceu os projetos especiais ao prefeito e ao secretário de saúde, e já costurou a realização do Capacita Coren-RJ para a enfermagem de Petrópolis.

“É importante ressaltar que fomos claros com as autoridades. O Coren-RJ cobra os ajustes e soluções para as irregularidades, mas não somente. Hoje, há um esforço maior também em ajudar a promover qualidade de assistência à população e condições adequadas de trabalho à enfermagem. Para tanto, além de fiscalizar, trazemos nossos projetos educativos técnico-científicos e de benefícios, que foram muito bem apresentados pela diretora Cristiane e avaliado pelas autoridades municipais”, afirmou o conselheiro Francisco Júnior, que construiu os encontros.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117