27/09/2018

Hospital Pró Criança Jutta Batista e a legalidade da assistência de enfermagem.

  Uma boa notícia! O Hospital Pró Criança Jutta Batista,

 

Uma boa notícia! O Hospital Pró Criança Jutta Batista, referência no tratamento humanizado de pediatria, está zerando as irregularidades detectadas em ações da Fiscalização do Coren-RJ, no ano passado.
No dia 20 de setembro, a Fiscalização do Coren-RJ realizou a segunda reunião com os representantes do Hospital Pró Criança Jutta Batista. Na pauta, a formalização de um TAC – Termo de Ajuste de Conduta, com vistas a resolver o déficit de pessoal de enfermagem no serviço da unidade. A direção do Hospital iniciou o processo de contratação e até o mês de outubro o quadro de profissionais de enfermagem estará conforme os pareceres legais de dimensionamento que regem a profissão, segundo a Resolução COFEN nº 543/2017.

O Coren-RJ fez a primeira fiscalização no Hospital Pró Criança Jutta Batista em maio de 2017, quando foi aberto um Processo Administrativo de Fiscalização. Além da insuficiência no dimensionamento, o hospital também foi notificado pela inexistência da Sistematização do Processo de enfermagem (SAE).

Já numa diligência em dezembro do mesmo ano, constatou-se que o Hospital Pró Criança Jutta Batista dava início ao processo de implementação da SAE.

Na última reunião de 20/09/2018, a enfermeira Responsável Técnica Andrea Nunes de Azevedo Pinheiro afirmou que, até o início do ano de 2019, estará totalmente implantada, dentro das adequações e treinamentos necessários.

O Coren-RJ parabeniza a Responsável Técnica Andrea Nunes de Azevedo Pinheiro pelo esforço em buscar a adequação e poder oferecer à população uma assistência de enfermagem pautada na legalidade.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2