19/04/2022

Hospital Santa Teresa, em Petrópolis, recebe Selo de Qualidade do Cofen

Solenidade foi marcada por homenagens à Enfermagem da instituição. Profissionais

Solenidade foi marcada por homenagens à Enfermagem da instituição. Profissionais foram fundamentais para a garantia da qualidade da assistência durante as fortes chuvas que atingiram o município

Hospital obteve êxito de 94% durante avaliação

O Programa Nacional de Qualidade do Conselho Federal de Enfermagem (PNQ/Cofen) entregou, nesta segunda-feira (18/4), o Selo de Qualidade ao Hospital Santa Teresa, em Petrópolis, no Rio de Janeiro. A instituição foi certificada após avaliação que atestou a excelência dos serviços de saúde prestados, bem como o exercício de boas práticas na gestão de risco e na segurança do paciente. A solenidade também foi marcada por homenagens às equipes de Enfermagem da unidade, que junto aos demais enfermeiros, técnicos e auxiliares petropolitanos, garantiram a qualidade da assistência durante as fortes chuvas que acometeram o município.

Em novembro do último ano, a Comissão Nacional da Qualidade do Cofen (CNQ), sob a coordenação de Heloísa Helena da Silva e por meio das avaliadoras Úrsula Silva, Maria do Carmo Haddad e Zainet Nogimi, realizou visita de avaliação ao hospital. Foi constatado que a instituição atende aos critérios avaliados, adota programas de humanização e incorpora o Modelo Assistencial de Enfermagem (MAE) em seus serviços. Ao fim da avaliação, a unidade Santa Teresa foi aprovada com êxito de 94%.

De forma virtual, a presidente do Cofen, Betânia Santos, homenageou a Enfermagem petropolitana. Em fevereiro, a dirigente esteve em Petrópolis para visitar instituições de saúde e prestar solidariedade aos profissionais afetados pelo desastre. “Este Selo de Qualidade significa, acima de tudo, a importância do trabalho que vocês realizam, pois sem Enfermagem não há saúde. Muito obrigada por ressaltarem o protagonismo, a resiliência e o empoderamento da nossa profissão”, declarou.

Profissionais de Enfermagem da instituição chegaram a trabalhar por mais de 24h seguidas

Esgotados de forma física e emocional, a Enfermagem local viveu sob uma linha tênue entre o dever de assegurar o cuidado e o luto pela perda de familiares, amigos e colegas de profissão. Com o desastre, estimativas do Cofen e do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ) apontaram que cerca de 400 profissionais da categoria entraram em situação de vulnerabilidade. No Hospital Santa Teresa, muitos chegaram a trabalhar de forma ininterrupta por mais de 24 horas. Durante a cerimônia, a Enfermagem da instituição também foi certificada pela qualidade da assistência ofertada.

“O Selo de Qualidade para a equipe de Enfermagem do Hospital Santa Teresa é a evidência concreta de que estamos no caminho certo, em busca de uma profissão cada vez mais reconhecida e valorizada dentro das instituições neste país. Cada vez mais, a Enfermagem está entregando à população o melhor cuidado, com muito mais qualidade técnica, científica e humana. Durante a certificação, pude perceber o brilho nos olhos dos profissionais que estavam ali presentes”, revelou o Responsável Técnico Marcio Bastos, solicitante da avaliação da instituição.

“Este selo chega em um período de coroação do protagonismo da Enfermagem, não apenas no Rio de Janeiro, como também em todo o Brasil. Zelar pela qualidade dos serviços sempre foi o norte da nossa profissão e é com muito orgulho que a Enfermagem fluminense recebe esse reconhecimento. Parabéns ao Hospital Santa Teresa e a todos os profissionais que dela fazem parte”, disse a presidente do Coren-RJ, Lilian Behring.

Selo de Qualidade tem validade de três anos

Selo de Qualidade — A certificação busca incentivar iniciativas em prol da segurança do paciente que estejam alinhadas às políticas de apoio do Cofen, para o estímulo de ações que contribuam com a assistência em Enfermagem qualificada, minimizando riscos inerentes ao exercício profissional. A inscrição para avaliação e elegibilidade do selo é voluntária e sem ônus para a instituição. O Selo de Qualidade do Cofen tem validade de três anos, mantido durante o período de vigência, desde que haja o atendimento das regras instituídas. Mais informações podem ser obtidas por meio do site do programa.

“O Cofen, por meio dessa iniciativa pioneira, vem reconhecendo o mérito do exercício dos profissionais de Enfermagem pelo país, contribuindo de forma relevante para a valorização e o empoderamento da categoria. São inúmeras experiências exitosas que foram identificadas, fruto da ação concreta da Enfermagem”, afirmou Heloísa Helena da Silva, coordenadora do Programa Nacional de Qualidade.

Fonte: Ascom – Cofen




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117