13/08/2015

Hospital tem até setembro para contratar 195 profissionais

Fonte: https://www.folhadirigida.com.br/fd/Satellite/concursos/noticias-Hospital-Geral-de-BonsucessoRJ-2015-195-vagas-2000139110981/Hospital-tem-ate-setembro-para-contratar-195-profissionais-2000139111114-140000210288 ...

O Ministério da Saúde (MS) terá de contratar, em caráter emergencial, 195 profissionais para o Hospital Geral de Bonsucesso (HGB), sendo 101 técnicos e auxiliares de enfermagem, que exigem o antigo 2º grau, além de 94 enfermeiros, com curso superior concluído. A decisão, de 30 de julho, é do juiz Antônio Henrique Corrêa da Silva, da 32ª Vara Federal, localizada no Rio de Janeiro, resultante de uma ação civil pública movida pelo Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ).

O prazo determinado pelo magistrado é de que isto aconteça em no máximo dois meses, ou seja, até 30 de setembro. Na decisão, também ficou estipulado que o hospital mantenha funcionando, continuamente, seu setor de triagem e classificação de risco, serviço este que deve ser feito por um profissional de enfermagem devidamente habilitado, e não por recepcionistas da unidade. O Ministério da Saúde e o Ministério do Planejamento não informaram, até o fechamento desta edição, quando sairão a autorização para a contratação dos profissionais e o edital da seleção. Sabe-se que os vencimentos para o nível médio são de R$2.182, enquanto que no superior, R$4.170.

Para a coordenadora adjunta do Departamento de Fiscalização do Coren-RJ, Sabrina Seibert, a vitória é um importante avanço nas ações de proteção aos direitos constitucionais, pois visa a oferecer meios para o atendimento aos princípios que norteiam o Sistema Único de Saúde (SUS). “Para que seja possível manter uma assistência de qualidade, é fundamental ter um número adequado de profissionais atuantes e tecnicamente capacitados para atender a todas as demandas de saúde apresentadas pela população.”

Com prazo até 30 de setembro para que a União contrate esses profissionais da Saúde, a coordenadora do conselho de Enfermagem fluminense informou que o Coren-RJ deverá realizar visitas técnicas na instituição, para verificar se a determinação judicial está sendo cumprida. “O conselho continuará sua avaliação, por meio dos atos fiscalizatórios e contato com a enfermeira responsável técnica, para a avaliação contínua da unidade”, destacou. Sabrina Seibert lembra que a ação do Coren do Rio tramitou durante dois anos na Justiça. Em 2009, ocorreu a primeira fiscalização ao HGB, realizada por enfermeiros fiscais do conselho, que constatou diversas irregularidades no local.

Ainda de acordo com Sabrina Seibert, o último estudo realizado pelo órgão, em março deste ano, indicou que faltam 272 enfermeiros e 638 auxiliares e técnicos de enfermagem – um número muito superior ao determinado em juízo. Apesar disso, a coordenadora do Coren-RJ considerou a decisão uma grande vitória. “Os profissionais de enfermagem são beneficiados também, uma vez que vinham sofrendo com a sobrecarga e más condições de trabalho”, enfatizou a representante do Coren-RJ.

Sindicato também se mobiliza – O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, Trabalho e Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (Sindspev-RJ) também está agindo para a melhoria da Saúde federal no estado. Na manhã da última quinta-feira, dia 6, sindicalistas ocuparam o gabinete do Núcleo do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro (Nerj). Em frente ao órgão, a categoria manifestou-se, e entre as reivindicações estava a realização de concursos. Segundo o Sindsprev-RJ, o Ministério da Saúde marcou uma rodada de negociação com os servidores da saúde federal para a próxima quinta-feira, dia 13, em Brasília. A greve já dura desde 7 de julho.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2