15/05/2019

Os 11 anos da Junta Interventora que salvou o Coren-RJ

    Há exatos 11 anos, em 15 de maio

 

 

Há exatos 11 anos, em 15 de maio de 2008, sete mulheres da enfermagem arregaçaram as mangas para salvar e reconstruir o Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro. Eram elas Ana Lúcia Telles Fonseca (atual presidente do Coren-RJ), Rejane de Almeida (hoje a deputada Enfermeira, Nádia Mattos Ramalho (atual vice-presidente do Cofen), Gloria Maria de Carvalho, Denise Sanches, Georgina Rodrigues de Freitas e Agostinha Gonçalves de Oliveira. Foram tempos muito difíceis e perigosos, mas a coragem e amor à categoria levaram aquelas cinco enfermeiras e duas técnicas de enfermagem a enfrentar a quadrilha de malfeitores que destruía o Coren-RJ. E foram bem-sucedidas!
Ainda hoje, o Coren-RJ sofre as sequelas dos desmandos, da desorganização e dos roubos que sofrera. A dimensão das irregularidades era tamanha, que, até hoje, luta-se diuturnamente para colocar a Casa da Enfermagem em perfeita ordem. Para tanto, muito se trabalha nesta gestão pautada pela transparência absoluta e alinhada às exigências do Tribunal de Contas da União.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2