12/03/2021

São Gonçalo recebe nova coordenação da subseção e Coren visita o HEAT

A nova coordenadora da subseção de São Gonçalo, a conselheira

A nova coordenadora da subseção de São Gonçalo, a conselheira Isabella Nanubia Correa de Almeida, recebeu treinamento de ambientação para assumir seu posto, da coordenadora de subseções, a diretora do Coren-RJ, Cristiane Bernardo, na quarta-feira (04/03). Após a reunião, ambas visitaram o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), uma unidade que é referência em atendimento a pacientes politraumatizados e que conta com o maior Centro de Trauma do país, realizando em torno de 150 mil atendimentos e 10 mil cirurgias anualmente.

“Localizado no bairro do Colubandê, somente o HEAT conta com mais de 680 profissionais de enfermagem. A categoria precisa contar com uma subseção produtiva e trabalharemos para proporcionar um excelente atendimento aos colegas”, afirmou a nova coordenadora da subseção de São Gonçalo, a técnica de enfermagem Isabella Nanubia.

No HEAT, foram recebidas pelo enfermeiro responsável-técnico (RT) Rodrigo Sória e percorreram as instalações do hospital, conversaram com a enfermagem e apresentaram os projetos da nova gestão do Coren-RJ.  O HEAT tem linha direta com o Corpo de Bombeiros, SAMU, Autopista Fluminense e Polícia Militar, que avisam da chegada de pacientes vítimas de trauma de alta complexidade, devido à gravidade dos ferimentos.

“O Heat conta com tecnologia de ponta e é referência no estado do Rio de Janeiro em tecnologia e equipes de especialistas. Há um investimento nos recursos humanos raramente visto. Tanto que, antes da abertura do Centro de Trauma, equipes foram aperfeiçoar as técnicas no atendimento a feridos de grande gravidade, no Centro de Trauma de Baltimore, e no Rider Trauma Center, em Miami”, elogiou a conselheira Cristiane Bernardo. 

As conselheiras conheceram também o inovador Jardim do Doador de Órgãos, dedicado  aos familiares que doaram órgãos de parentes. Após a doação, a família é convidada a plantar uma muda de jasmim na área verde da unidade, que conta hoje com 150 mudas plantadas. 

“Trata-se de um projeto único com essa proposta de acolhimento no mundo, que estimula a família a fazer a doação dos órgãos do ente que se foi, mas que estará eternizado no símbolo de uma árvore florida. A iniciativa é tão positiva, que nos últimos anos, o HEAT lidera o ranking das unidades de saúde do estado em captação de órgãos”, informou o RT, Rodrigo Sória

O HEAT conta com quatro Centros de Tratamentos Intensivo (CTI), sendo um infantil, somando o total de 75 leitos; uma unidade de internação clínica cirúrgica (com 120 leitos), consultórios médicos ambulatoriais para pacientes pós- internados, e modernos Centro de Imagens, além do laboratório onde são realizados milhares de exames anualmente.




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117