26/09/2019

Setembro Amarelo: Palavras dos Jovens – Poesia da Mente

    Este poema foi composto pela enfermeira e conselheira

 

 

Este poema foi composto pela enfermeira e conselheira Jane França a partir de palavras sugeridas pelos alunos da ETEHJ/FAETEC de Quintino, durante evento realizado no dia 24/09, pelo Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio. Jane França, ao lado da também conselheira do Coren-RJ, Carla Juvenal, representaram o Coren-RJ, atendendo ao convite feito pelo Grêmio Estudantil.

Palavras dos Jovens – Poesia da Mente

Um papel em branco
Mantenho em branco?
É falta de sentimento?
Não! É muita informação e me faltam palavras para escrever

Será isso?
O que dizer? O que escrever?
O que eu sinto?
Tristeza – Raiva – Mágoa

Solidão? E o Amor?
Sentimento que EU QUERO! Quero para TODOS NÓS!
Mas, como sentir?

Ah, Amor
Eu te digo
Sinto TRISTEZA – DECEPÇÃO
Sou uma página em branco
Não me vejo na multidão

Preciso Crescer – Florescer – Nascer
Preciso AMAR
Preciso do AMOR

Mas o que sinto é desânimo,
Arrependimento
Me levanto
Aprendo
Mas está difícil o sofrimento

Preciso voar e buscar um caminho
Quero AJUDA e quero AGORA
Estou perdido
Estou cansado

Solidão: com quem me abrir?
Como conseguir e seguir?
É o final? Com quem vou estar?
Quem vai querer estar?

Quero Amor, quero Sucesso
Quero um Futuro; me sinto inseguro
Vou decepcionar a mim ou ao Pai?
O que ele quer de mim?

O que eu quero?
O que eu sinto?
Saudade – tristeza – insuficiência – raiva…
Paro, Respiro…

Sou uma folha em branco
Não sou descartável
Quero ser seu Amor,
Quero ser Amor de Alguém

Não me julgue,
Sou milagre,
Sou vida,
Somos TODOS NÓS!

 




  • BannerLateral_codigo_etica
  • e-dimensionamento-207x117
  • add_5
  • parecer_CT2